LibreOffice parou de funcionar!

Depois que atualizei para a versão 3.5.1 uma mensagem estava aparecendo na inicialização do meu LibreOffice informando que o mesmo parou de funcionar e quebrei a cabeça desinstalando e instalando novamente versões anteriores e posteriores sem sucesso. Não sei se foram algumas extensões que instalei na versão 3.4.X que não funcionaram na 3.5.X. Em alguns sites dizem que pode ficar corrompido algum arquivo da pasta indicada abaixo e por isso dá o erro. Enfim, um problema para resolver pois utilizo muito o LibreOffice. 😦

Erro LibreOffice

Erro LibreOffice

 

Encontrei um forum em inglês comentando o assunto e falando sobre soluções para problemas com o OpenOffice. Para os desavisados: OpenOffice = LibreOffice = BROffice. Portanto a solução resolve este problema nestas suites Office.

A solução é simples: renomeie a pasta C:\Users\<user name>\AppData\Roaming\LibreOffice\3\user para user.old. As configurações serão mantidas por backup para que se necessário você necessite delas. Pronto, agora é só executar o LibreOffice novamente e tudo está funcionando. 🙂

No linux a solução é parecida com esta (depende da distribuição): /home/<user name>/.openoffice.org/3/user

No Mac, /Users/<user name>/Library/Application Support/OpenOffice.org/3/user

Perceba que as configurações são sempre guardadas nas pastas dos usuários. Se tiver mais de um usuário que utiliza o LibreOffice deverá ser verificado em cada um deles pois o problema pode ter acontecido com o profile deles também.

Obs.: nesta pasta estão as configurações para a sessão do libreoffice de cada usuário. Portanto se você já personalizou ele antes, neste momento você terá perdido a personalização.  Personalização como idioma, aparência, icones e diversos outros serão perdidos. Não vamos entrar nestes detalhes mas se necessário você pode recuperá-los olhando dentro da pasta user.old e tentando manualmente restaurar o backup para a pasta user. 🙂

Obs2.: enquanto eu não tinha tempo de procurar e corrigir meu problema eu estava usando o Symphony da IBM. É gratuito também e vale dar uma olhada.

Até a próxima.

IBM junta-se no desenvolvimento do OpenJDK

Notícia no InfoQ:

“Oracle (nota oficial) e IBM (nota oficial) anunciaram juntamente que a IBM irá colaborar com a comunidade OpenJDK no desenvolvimento da plataforma Java, começando pelo recente roadmap revisado para o JDK 7.

Durante a conferência da imprensa, Hasan Rivzi, vice presidente sênior na Oracle,  afirmou que a IBM e a Oracle estão buscando juntamente acelerar o ritmo de evolução da plataforma Java. Além disso, a IBM e a Oracle irão trabalhar juntas para continuar melhorando o JCP, que continuará definindo os padrões primários para trabalhar nas especificações Java.

A IBM tem sido um investidor de longo prazo quando o assunto é Java, se tornando licenciada em Dezembro de 1995, como a Oracle, que agora tem um grande negócio desenvolvido em cima da plataforma, em particular com produtos Java EE. Embora a Sun tenha anunciado publicamente que gostaria que a IBM se juntasse à comunidade OpenJDK isto jamais aconteceu e Rod Smith, vice presidente de tecnologias emergentes na IBM, disse que nenhuma conversa detalhada aconteceu entre a Sun e a IBM sobre o assunto.

Smith também fez referência para o fato de que muitos clientes empresariais Java foram anunciados sobre a aquisição da da Sun pela Oracle e as implicações que poderiam ter na plataforma. Ele afirmou que por enquanto as duas empresas irão continuar competindo em sua gama de produtos Java EE e SDKs.

É um bom sinal para os clientes corporativos que podem continuar a contar com a comunidade Java para fornecer tecnologias mais aberta, flexível e inovadora para ajudar em seus negócios.”

Leia mais em http://www.infoq.com/br/news/2010/10/ibm-joins-openjdk

IBM to join OpenJDK

“I’m very pleased that IBM and Oracle are going to work more closely together, and that we’re going to do so in theOpenJDK Community. IBM engineers will soon be working directly alongside Oracle engineers, as well as many other contributors, on the Java SE Platform reference implementation—starting with JDK 7.

I expect IBM’s engineers to contribute primarily to the class libraries, working with the rest of us toward a common source base for use atop multiple Java virtual machines. We each have significant ongoing investments in our respective JVMs; that’s where most of the enterprise-level feature differentiation between our respective products is found, and it makes sense for that to continue. Focusing our efforts on a single source base for the class libraries will accelerate the overall rate of innovation in the JDK, improve quality and performance, and enhance compatibility across all implementations.”

Leia mais em http://blogs.sun.com/mr/entry/ibm_to_join_openjdk

Até a próxima.

IBM Brasil e parceiros criam site e curso gratuito de inglês a distância

O déficit de profissionais de TI no mercado brasileiro, atualmente estimado em mais de 70 mil pelo Observatório Softex, unidade de estudos e pesquisas da associação para promoção do software brasileiro, fez com que a IBM Brasil saísse em busca de parceiros para a formação de mão de obra. A empresa, que como as demais do país enfrenta não só a falta de profissionais especializados, mas também a carência de profissionais que falam inglês, decidiu investir na criação de um curso de inglês a distância. Chamado de English4Smart, o curso é totalmente gratuito e feito especificamente para estudantes de TI. O curso, assim como temas ligados à área, ficarão hospedados no portal TI Smart (www.ti-smart.com.br), lançado pela companhia com apoio de parceiros.

O English4Smart é voltado ao inglês usado no mundo dos negócios e seu conteúdo foi desenvolvido pelo instituto de idiomas União Cultural Brasil Estados Unidos, que também irá disponibilizar certificados digitais aos participantes. “Para ingressar em uma empresa globalmente integrada como a IBM não basta que o candidato conheça tecnologia, é necessário estar ao menos no nível intermediário de inglês. Uma das áreas que mais geram oportunidades de emprego na IBM é a de exportação de serviços. Por isso, o conhecimento do inglês é fundamental. É importante acelerar a formação dos profissionais para acompanhar o crescimento do mercado”, afirma Edson Luiz Pereira, gerente de parcerias educacionais da IBM Brasil.

Para que esse não fosse apenas mais um curso a distância e atingisse o público-alvo desejado, os parceiros adotaram diversas medidas e enfrentaram desafios. O primeiro foi desenvolver um aplicativo, software de e-learning com reconhecimento de voz, adequado aos equipamentos das instituições de ensino brasileiras. A ferramenta, nomeada de Ivela – Internet Voice e-Learning Application, foi construída pela Universidade Federal do Ceará em plataforma aberta, com distribuição livre. Outro diferencial do projeto é que ele será vinculado a parcerias com instituições de ensino que oferecem cursos de TI, justamente para atingir o público-alvo da IBM e do próprio mercado. A primeira instituição a fechar acordo com a IBM foi o Centro Paula Souza, referência em cursos técnicos e tecnológicos no nível médio e superior.

De acordo com Edson Luiz Pereira, o Centro Paula Souza é um parceiro estratégico, já que possui mais de 35 mil alunos em cursos de TI. “Os estudantes poderão fazer o curso de inglês como uma atividade complementar ao conteúdo que já é oferecido pela instituição de ensino, e chegar muito mais preparado ao mercado”. Por meio de uma senha individual, o aluno poderá acessar o conteúdo a partir de qualquer localidade, seja em sua residência ou em lan houses. A empresa pretende firmar parcerias com outras instituições de ensino em São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. Entre os critérios adotados para selecionar as universidades parceiras está a necessidade da instituição oferecer um curso de formação profissional para o setor de TI de qualidade e atualizado.

Extraido de www.tiinside.com.br

Introdução ao DB2 Express-C (Terceira edição)

Saiu versão aualizada, terceira edição, do  free book “Introdução ao DB2 Express-C”. A terceira edição(9.7) até o presente momento só foi editada em inglês e pode ser vista aqui. Em português, você pode fazer download da versão 9.5(segunda edição) aqui.

Há vídeos que ensinam a trabalhar com o DB2 e estão disponíveis em aqui. Se quiser obter o DB2Express-C aqui.

Abaixo segue o anuncio da terceira edição do free book pelo developerworks.

Até a próxima.


IBM
clear
clear developerWorks >  clearclear developerWorks
clear Download da versão atualizada
clear Introdução ao DB2 Express-C – Terceira Edição atualizado para o DB2 9.7
Prezado membro da comunidade de desenvolvimento,

Faça o download da versão atualizada deste e-book popular: Introdução ao DB2 Express-C

  • Descubra o que é o DB2 Express-C
  • Entenda a arquitetura, as ferramentas e a segurança do DB2
  • Saiba como administrar bancos de dados em DB2
  • Grave procedimentos SQL, XQuery e processos armazenados
  • Desenvolva aplicativos de banco de dados para DB2
  • Treine através de exercícios práticos
  • Conheça o que há de novo no DB2 9.7

Seja você um desenvolvedor, um consultor, um ISV, um DBA ou um estudante, este manual pode ajudá-lo em sua introdução ao DB2. O foco deste material é o DB2 Express-C, a edição gratuita do DB2, mas os conceitos e o conteúdo também se aplicam a outras edições do DB2 em Linux, UNIX e Windows.

Este manual gratuito é apenas o primeiro na nova Comunidade de uma série de Manuais, escrito pela comunidade para a comunidade. Confira mais manuais com maior variedade de tópicos em Setembro.

Atenciosamente,

Equipe do IBM developerWorks

My developerWorks – rede social IBM

A IBM lançou há pouco tempo uma rede social chamada My developerWorks destinada ao compartilhamento de informações técnicas específicas, fóruns, lista de blogs mais populares da IBM e outros.

O site do My developerWorks é http://www.ibm.com/developerworks/mydeveloperworks.

A IBM colocou no youtube um vídeo de explicação sobre o funcionamento do My developerWorks aqui.

Não confunda o developerWorks que é uma comunidade com artigos técnicos disponibilizadas pela IBM com recursos para desenvolvedores de software e profissionais de TI. Veja maiores informações sobre o developerworks no post anterior.

Eu estou no My developerWorks. Nos encontraremos por lá.

Até a próxima.

RUP – Rational Unified Process On Line

Atualização em 2014: o link abaixo(rup em português) foi alterado para http://wthreex.com/rup/v711_sp_ptbr/index.htm.

PU significa processo unificado e é um processo que define um conjunto de atividades que quem(papel funcional) faz o que(artefato), como(atividades) e quando(disciplina) em projeto de software. O RUP é uma instância detalhada do PU. Possui uma grande quantidade de materiais para ajudar a melhorar a produtividade da equipe. O RUP é da Rational(IBM) mas no site abaixo dá para usá-lo e usufruir de muitas das características do processo.

http://www.wthreex.com/rup/portugues/index.htm (em português)

http://www.wthreex.com/rup/smallprojects/index.htm (em inglês)

wthreex

Faça bom uso deles em seus projetos.

Até a próxima!

Mercado de TI – Desafios e Oportunidades – Evento em Lins/SP

Será realizado no dia 28/11/2008 às 19:30h, um evento na cidade de Lins no Centro Universitário Salesiano com o tema Mercado de TI – Desafios e Oportunidades.

O palestrante da IBM, Juliano Martins, estará falando sobre Web2.0 e o perfil dos profissionais com a Web2.0. Uma boa maneira de atualizar-se com o mercado com tópicos requisitados por grandes empresas como a IBM.

Maiores informações no site da TNT Educacional Lins-SP.

Boa palestra!