Um meio ou uma desculpa – Roberto Shinyashiki

Steve Jobs!

There are 3 apples that changed the world: the one Eve ate, the one that fell on Newton’s head and that Steve Jobs built.

10 razões para as empresas considerarem os softwares de código livre

Com a crise financeira, as vantagens do software livre ficaram mais evidentes e a opção deve ser bem analisada.

Com tantas empresas e órgãos governamentais aumentando o uso de softwares open source, como o Linux, fica cada vez mais claro que o preço não é a única vantagem. Se fosse, as empresas que adotaram ferramentas abertas durante o pior da recessão já teriam retornado para soluções proprietárias agora que a economia está melhor. E esse não é o caso.

Os negócios que se viram empurrados para ferramentas de código livre após sofrerem com restrições de orçamento logo identificaram outras vantagens, observadas na lista a seguir.

1 – Segurança
É difícil pensar em um argumento melhor do que a superioridade das ferramentas de código aberto em termos de segurança. Recentemente, descobriu-se uma brecha no kernel do Android que poderia trazer riscos. Mas a única razão pela qual a falha foi descoberta é porque o código é aberto ao público.

Essa, aliás, é a filosofia de Linus Torvalds, criador do Linux: quanto mais olhos, mais as chances dos bugs serem identificados antes de causar incômodo. E é um argumento bem oposto à segurança pela obscuridade, usado por algum dos fabricantes de softwares proprietários caros como argumento para a estrutura fechada. Mas a falta de notificações de falhas de segurança no sistema do iPhone e do iPad ou no Windows significam que esses sistemas são mais seguros? A história prova que não.

2 – Qualidade
O que é melhor? Um software empacotado por um grupo pequeno de profissionais ou um software em criação constante por milhares de desenvolvedores? Assim como há milhares zelando pela segurança do código aberto, muitos outros estão pensando o tempo todo em inovar e melhorar os recursos.

O que isso significa? O código aberto também é feito por usuários, o que o torna mais próximo do que os usuários querem. E isso já foi provadio em estudos recentes, que demonstraram que a suposta superioridade é a razão principal pela qual empresas escolhem o código aberto.

3 – Personalização
Ter um software que pode ser alterado e customizado de acordo com o gosto da empresa, sem precisar esperar avanços por parte do fabricante, é também uma das maiores vantagens. Um desenvolvedor competente adiciona funcionalidades como quem altera palavras em um texto do Word.

4 – Liberdade
Quando os negócios se voltam ao código aberto, as empresas ficam livres da ameaça de ser aprisionada dentro de pacotes proprietários engessados. Clientes de fornecedores como esses ficam a mercê da visão, requisitos, preços, prioridades e limites impostos pelo fornecedor. E tudo isso com uma conta no final do mês ou do ano.

5 – Flexibilidade
Quando a empresa usa softwares como Windows ou Office, entra em um ciclo no qual precisa atualizar software e hardware infinitamente. O código livre, por outro lado, usa muito menos recursos da máquina e pode ser rodado até mesmo em hardwares mais lentos. A empresa decide a hora de atualizar, não o fornecedor.

6 – Interoperabilidade
Software livre é muito melhor na aderência a padrões abertos e até mesmo a ferramentas proprietárias. Se a interoperabilidade for necessária com outras empresas, computadores e usuários, a vida fica muito mais fácil com o código aberto.

7 – Auditoria
Com o sistema fechado, você só tem a palavra do vendedor para provar que o software é de fato seguro e aderente a padrões. O código aberto oferece visibilidade para o cliente, que pode ter mais certeza sobre o que está rodando em casa.

8 – Opções de suporte
Software de código aberto possui comunidades com extensas documentações, fóruns de discussões, listas, wikis, grupos de notícias e, dependendo de quem fornece a distribuição, até mesmo suporte ao vivo via chat gratuito.
Para os negócios que querem melhoria, há muitas opções pagas de suporte com preços bem menores do que os fornecedores proprietários cobram. Os fornecedores de suporte para ferramentas abertas costumam dar respostas melhores e mais rápidas, pois têm sua receita focada nesse serviço.

9 – Custo
O custo de comprar uma solução proprietária é muito difícil de ser medido, pois tem a proteção por vírus obrigatória, taxas de suporte, despesas de atualização e ainda o preço a ser pago por ser aprisionado em alguma solução. No final, o custo é muito maior do que a companhia imaginava inicialmente.

10 – É possível experimentar antes de usar
Se você está considerando usar o software de código aberto, não custará nada realizar testes de qualidade antes de usá-lo. Em parte porque é gratuito mesmo. E em parte porque o código aberto oferece muito mais opções para quem quiser testar, como a possibilidade de criar Live CDs para Linux, por exemplo.

Conclusão
Mesmo com todos esses argumentos, só a própria empresa será capaz de realizar uma análise profunda para verificar se o software livre é uma boa opção. Além disso, pode ser que o código aberto não seja a solução para todas as necessidades da empresa. Mas, diante de todos os benefícios, é necessário ao menos considerá-lo entre as opções.

Extraido de idgnow!

Feliz 2011!

Um ano cheio de saúde, paz, realizações profissionais e pessoais a você!

Grande abraço e Feliz 2011!

Até o ano que vem!

Lista de Candidatos 2010 e Simulador da urna eletrônica

Estamos na reta final para as eleições 2010. Um momento decisivo para o Brasil escolher o nosso representante lá em Brasilia para lutar por nós. É importante verificarmos a vida pessoal e política de cada um dos nossos candidatos para que não cometamos o erro de colocarmos representantes não aptos lá em cima. São vários candidatos a vários cargos e precisamos pesquisar e conscientemente escolher qual o melhor para nos representar.

Nesta eleição estaremos votando para deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente.

No site do TSE você encontra todos os candidatos com fotos, informações pessoais, declaração de bens, prestação de contas, dentre outros. Pesquise o seu candidato no site antes de decidir por dar o seu voto a ele. O endereço do site é http://divulgacand2010.tse.jus.br/divulgacand2010/.

Você pode fazer uma simulação da urna eletrônica para treinar e conhecer a sequência dos cargos. O site do simulador da urna é: http://www.tse.jus.br/internet/eleicoes/urna_eletronica/simulador_Votacao_2010/br.htm. A urna é desenvolvida em java (applet) e roda no seu navegador. Vale a pena dar uma olhada e entender como ela funciona e também o outro programa como o visualizador de logs das urnas.

Faça uma boa escolha dos seus candidatos!

Até a próxima.

Profissão Java – Evento da Globalcode com Transmissão pela internet

ps.: Não vou poder estar lá, mas assistirei pela internet com certeza. Aproveite também.

A Globalcode, através do Programa Open4Education, está organizando o Profissão Java – um evento de tecnologia com foco na carreira do profissional de TI – com o apoio da Universidade Anhembi Morumbi.

Já recebemos quase 900 inscrições e já temos a confirmação de alguns palestrantes, tais como Franscisco Gioielli (Google), Dimas Oliveira (Oracle-Sun), Edgar Silva (RedHat), Bruno Souza, Maurício Leal e vários instrutores da Globalcode. Confira a grade de programação atualizada.

Se você também quer colaborar, veja as formas de divulgação e cartazes.

As inscrições em lista de espera continuam abertas!

Transmissão do Profissão Java via internet

“A Globalcode vai transmitir via internet, em tempo real, as palestras do Profissão Java, porém é uma operação beta e portanto sujeita a falhas. O objetivo principal é dar oportunidade àqueles que não poderão comparecer devido à distância ou outros impedimentos…” » ler

Ação Solidária no Profissão Java

Yara Senger

“Mesmo com tantos motivos para comemorar em relação a organização do evento Profissão Java, vendo a tragédia da pequena cidade de Branquinha no Alagoas, senti que faltava alguma coisa importante. Não faz sentido reunir mais de 500 profissionais para discutir o sucesso dos profissionais de TI sem realizarmos uma ação solidária para um estado que está sofrendo catástrofes naturais desta grandeza. O Alagoas precisa do nosso apoio.” » ler

Yara Senger, diretora educacional da Globalcode

Forum Mundial de Inovação – Walter Longo

Algumas das frases de Walter Longo em seu discurso no forum mundial da inovação.

“…Inovar é transgredir, quebrar paradigmas e não aceitarmos as regras que nos impoem. É ir além em busca de novos horizontes. É revisitar o óbvio, Fazer o que fazemos sempre mas com um jeito diferente. É aceitar E adotar novas tecnologias.É pensar o impensável que é mais que realizável hoje em dia. Ao contrário do que parece, inovação é simplicidade. É fazer de um jeito diferente o que os outros fazem igual, usando tecnologia ou não. A inovação está dentro de nós, antes de tudo…”

Veja o vídeo abaixo:

Até a próxima.