Google – Computação nas nuvens

No ambiente da Universidade Google, engenheiros apostam em computadores mais baratos, mais rápidos e nas nuves. Veja entrevista do Jornal da Globo exibida ontem 06/05/08.

“… A computação nas nuvens é um conceito e é o futuro. Na sua casa, só um teclado e um monitor ou qualquer aparelho parecido. O computador será apenas um chip ligado na internet a grande nuvem de computadores.

As fotos da família, os vídeos, a planilha com as contas da empresa, os textos, tudo pairando sobre nós. Você acessa seus dados de qualquer computador, em qualquer lugar….” Jornal da Globo

Na minha opnião a previsão é certa e então a minha pergunta seguinte é: Onde entrará nossa privacidade em migrar todos os nossos dados pessoais para a nuvem???

Revista Espirito Livre

Lançada em abril de 2009, a Revista Espirito Livre vem ganhando destaque pelas matérias de bom conteudo. Seu conteudo é muito variado e aborda dentre outros assuntos software livre, linux, linguagens de programação, computação nas nuvens, segurança da informação, games,rede, notícias, humor. Saiu a edição 4 da revista no mês de julho e, se você ainda não conhece, é uma boa oportunidade de dar uma olhada nesta revista.  Clique nas capas das edições das revistas para baixá-las. O site da revista é http://revista.espiritolivre.org.

Até a próxima.

Revista Espírito Livre - Ed. n #001 - Abril 2009

Revista Espírito Livre - Ed. n #001 - Abril 2009

Revista Espírito Livre - Ed. #002 - Maio 2009

Revista Espírito Livre - Ed. #002 - Maio 2009

Revista Espírito Livre - Ed. #003 - Junho 2009

Revista Espírito Livre - Ed. #004 - Julho 2009

Revista Espírito Livre - Ed. #004 - Julho 2009

Windows “Cloud” – As previsões se cumprindo

Postei em maio uma materia sobre computação nas nuvens. Nela, há um link para um vídeo contendo uma matéria da globo falando sobre o assunto. A tendência dos computadores “rodarem” os programas pela internet é imensa.

A microsoft disponibilizará dentro de um mês um sistema operacional Windows que rode pela internet! A previsão de tudo rodar pela intertnet está se cumprindo! Computadores poderão ficar mais baratos pois poderão deixar de ter alguns dos recursos que hoje são essenciais para seu funcionamento e processamento dos programas armazenados!

Há uma matéria na folha-online falando sobre o produto da microsoft e entrevista com Steve Ballmer executivo-chefe da Microsotf.

Esperemos as novidades estourarem no mercado!

Até a próxima!

Google Chrome – O Navegador Web do Google

    Mais um produto google muito bom. Baixei ele há uns dias e já editei vários posts com ele e neste momento estou usando-o para criar este post. Ele tem vários recursos já apresentados por outros navegadores (Firefox, Opera, Safari e Internet Explorer). Mas o melhor de tudo é que o proposito dele, além de bater de frente à Microsoft, é que há promessa de execução de diversos aplicativos on-line. No site do Chrome a Google afirma: “O Google Chrome é um navegador feito para tornar a web mais rápida, fácil e segura com um design minimalista que não atrapalha você.” Mas Eric Schmidt, presidente executivo da google diz em entrevista para o estadão (http://www.estadao.com.br/tecnologia/not_tec237106,0.htm) :  “O Google afirma que seu browser permite aos usuários executarem diversos aplicativos que antes apenas podiam ser utilizados quando instalados no disco rígido de um computador.” Isso é o início da computação nas nuvens proposta? ( Veja meu post sobre computação nas nuvens em https://alyssontmv.wordpress.com/?s=computação+nas+nuvens )

    Há alguns anos, uso o Firefox diariamente para a navegação na internet, mas baixei o Chrome com grandes expectativas pela ferramenta criada por esta grande empresa.
Baixe o Chrome aqui: http://www.google.com/chrome.
Mais caracteristicas e vídeos explicativos destas caracteristicas você encontra em:  http://www.google.com/chrome/intl/pt-BR/features.html
Veja o vídeo da equipe desenvolvedora sobre as idéias e os recursos do Chrome em:  http://www.youtube.com/watch?v=T8uAZja4i1M
Por que a google criou o Google Chrome? http://www.google.com/chrome/intl/pt-BR/why.html
Até a próxima!